Assassinatos na capital paulista têm crescimento de 71,7%



 “O número de assassinatos na capital paulista em novembro deste ano cresceu 71,72% em relação ao mesmo mês de 2011. Foram 99 vítimas diante de 170 em 2012. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira pela Secretaria de Segurança Pública (SSP).  


Se levado em conta os números de janeiro a novembro, a alta é de 52,53% no comparativo com o mesmo período do ano passado. Em relação ao mês de outubro, houve uma redução de -3,43% nos assassinatos: passou de 175 - o maior número registrado no ano - em outubro para 169 em novembro, sem contar as vítimas em homicídio doloso por acidente de trânsito. 

A capital também teve ainda aumento de 58,88% no índice de tentativa de homicídio registradas entre novembro deste e o mesmo mês de 2011. O aumento também pode ser observado no mesmo período nos casos de estupro (34,09%) e de tráfico de entorpecentes (12,24%). Em compensação, houve queda nos índices de roubo de veículo (-13,74%), roubo a banco (-11,11%) e furto de veículo (-10,99%). 

Troca de comando

O agravamento da crise na segurança em São Paulo levou a troca de comando na SSP no final de novembro. O secretário Antonio Ferreira Pinto pediu exoneração do cargo no dia 21 do mês passado. O governador Geraldo Alckmin (PSDB), que já procurava um substituto para a secretaria, nomeou o ex-procurador geral de Justiça Fernando Grella. 


Entre as primeiras medidas do governo após a troca está o reforço de 960 novos soldados na Polícia Militar e 322 novos delegados na Polícia Civil do Estado. O governador Geraldo Alckmin também anunciou também a contratação de 33 novos médicos legistas e 47 peritos criminais para a Polícia Científica. 

Onda de violência

Desde o início do ano, 100 policiais foram assassinados no Estado. Desse total, 21 eram aposentados e três estavam em serviço. Além disso, o Estado continua a enfrentar um grande índice de violência. Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública, só na capital foram registrados 1.327 casos de homicídios dolosos entre janeiro e novembro, mais do que todo o ano de 2011. O mês de outubro foi o mais violento dos dois últimos anos na cidade, com 176 mortos. Em todo o Estado, foram 4.540 casos de assassinatos registrados desde janeiro, excluindo o número de vítimas de homicídio doloso no trânsito.”
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: